NovaBrasil FM cresce 33% com as plataformas digitais em parceria com grandes marcas

Webséries temáticas e podcasts customizados deram início à digitalização da emissora. Lives no streaming durante a pandemia e inauguração do jornalismo contribuíram com o crescimento.

A NovaBrasil FM, a emissora dos amantes da MPB, com uma programação totalmente dedicada à música popular brasileira, registrou aumento de 33% de seu público depois que passou a oferecer produtos digitais especiais sobre brasilidades nas plataformas digitais em parceria com grandes marcas, como a Citroen, General Motors, LG, Nissan, entre outras.

O aumento também foi sentido durante os meses de isolamento social da pandemia da Covid-19, quando a emissora estreou dois programas jornalísticos: o Nova Manhã, das 06 às 08 horas nacional  e das 08 as 09 horas com jornalismo local em cada praça de atuação, e o Programa Radar, das 18 às 20 horas, e - para apoiar o distanciamento social - e passou a transmitir lives - NovaBrasil em Casa - com personalidades e artistas, o que fortaleceu a sua presença digital. Enquanto no dial a sua audiência se manteve estável - segundo o IBOPE- , nas plataformas digitais o aumento foi de acima de 20% no período.

Com uma programação musical predominante da "nova e moderna MPB", a emissora possui forte presença nacional, nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, além da audiência internacional nos Estados Unidos e Europa via Internet. No digital conta com o apoio de grandes marcas para oferecer programas especiais produzido por uma equipe de profissionais dedicados a levar ao público material exclusivo, com uma variedade de temas que os ouvintes adoram: entretenimento, turismo, saúde, notícias MPB e cultura.

No caso do jornalismo, a incorporação dos novos programas havia sido decidida no final de 2019, com previsão de iniciar a transmissão em março de 2020, o que coincidiu com o início do distanciamento social da pandemia da Covid-19. Os novos programas contribuíram para oferecer ao ouvintes notícias atualizadas sobre as localidades onde a NovaBrasil tem presença e também sobre o avanço da pandemia e as ações de combate à doença.

Em nossa conversa com Danilo Fuin, Diretor Executivo da Rede NovaBrasil FM, foi possível obter mais detalhes sobre as ações da emissora no digital que fizeram com que a emissora ampliasse sua audiência por meio das plataformas digitais em parceria com grandes marcas. “Agora são mais de 3 milhões de pessoas conectadas com a emissora, tanto no dial como nas plataformas digitais”, informa o executivo.

Tudo começou quando ele foi contratado - em setembro de 2016 - para comandar a área comercial para impulsionar projetos especiais para reforçar o posicionamento da emissora no meio publicitário. Com o avanço das mídias digitais, a emissora resolveu oferecer conteúdo além do musical já oferecido ao longo de seus 20 anos de existência, “mas mantendo o foco na “brasilidade”, que é o DNA da emissora”, enfatiza o executivo.

Com grande experiência na área e na gestão de negócios, Danilo Fuin, já naquela época, colocou em prática o plano, um núcleo de novos negócios e projetos especiais para oferecer soluções de comunicação focadas em branding e performance em diversas plataformas online, além do offline, e a primeira iniciativa foi criação do Estúdio Êne (https://www.estudioene.com.br/)..

O hub de conteúdo engloba várias ações, atividades, eventos e o "êne coisas", com a entrega de soluções criativas "para os mais diversos briefings" entre outras "coisas". No portfólio estão as pioneiras webséries e os podcasts customizados para as marcas.

Antes restrita à radiofrequência, o dial, a NovaBrasil FM vem experimentando novas maneiras de se comunicar com o seu público. Para isso, montou um departamento dedicado ao digital e os resultados obtidos são altamente positivos, com o fortalecimento da presença nas pelas principais redes sociais: Facebook ( 324 mil seguidores), Twitter (47 mil seguidores), Instagram (127 mil seguidores). O website da emissora possui mais de 1 milhão de pageviews, o que reforça a importância das novas mídias para a emissora. “Com programação e conteúdo mais acessíveis, a audiência gera maior engajamento e cria diálogos mais consistentes”,comenta o executivo.

Na receita do sucesso do digital, Danilo Fuin estão os dados, que incluem informações sobre a identificação do perfil do público dentro da audiência e a quem se destina uma ação, levando em conta a sua localização geográfica e digital, idade, classe social e preferências. Com isso, ela consegue elaborar um projeto 360 graus para fazer a distribuição do conteúdo, porque digital oferece uma oportunidade que o dial não permite.

Para Fuin, este é o grande ganho do digital para a rádio, que passa a levar a informação ao seu público de maneira mais próxima e para um público muito grande que está - preferencialmente - nas plataformas digitais em busca e passando conteúdo. O ouvinte digital é mais que um ouvinte, é um consumidor da marca NovaBrasil FM e ele leva junto em sua mente as marcas que apoiam os nossos projetos. A nossa emissora está se fortalecendo como uma “branding love”, uma marca amada por seu público, por produzir e distribuir conteúdo em outros pontos de contato com o seu público, além do dial.


Confira também: