A importância da rastreabilidade das conexões do Streaming

Esse é um post especialmente dedicado a você responsável pela TI da rádio, que toma pedrada por conta da transmissão Internet e tem orçamento super restrito.

Porque a rádio ficou fora?!

Imagina a seguinte situação: alguém da sua equipe chega pra trabalhar dia 03 de janeiro e te manda uma mensagem no WhastApp dizendo "recebemos um email de uma empresa de fiscalização de mídia dizendo que a rádio ficou quase 3 dias fora do ar!".

Então, todo mundo começa a perguntar para a TI: porque a rádio ficou fora?

Você acessa o Streaming e está funcionando. Olha nas redes sociais e não vê reclamações. Nem tem outros emails de reclamações de ouvintes.

Normalmente a rádio não tem acesso ao servidor de transmissão. Não tem relatórios diários. Tampouco conhece o volume de acesso de cada canal. Pior, a maioria das empresas também não guardam logs dos servidores.

O agente do caos

Quando a reclamação parte dos ouvintes é ruim mas é controlável, contudo, quando é uma empresa de fiscalização comercial a história é muito mais complicada porque ela certamente produzirá um relatório de entrega de mídia para o anunciante e, ele, por sua vez, irá questionar a entrega de mídia da rádio e tentará obter um desconto financeiro.

Nesse caso, você amigo da TI, será pressionado por todo mundo! Começando pelo comercial que vai "apertar" o dono/executivo da rádio. É uma situação bem estressante.

E, cada vez mais, a Internet impactará direta ou indiretamente a geração de receita da rádio.

Fique de olho!

A importância da rastreabilidade

Essa situação exemplo aconteceu de verdade com um cliente da Nextdial.

No dia 03 de janeiro nosso suporte recebeu esse chamado. Através do painel administrativo, que a rádio também tem acesso, puxamos um relatório de quedas e notamos que a última queda tinha sido dia 31 de dezembro e tinha durado 30 minutos.

Questionamos se houve alguma reclamação e tivemos um retorno de que uma empresa de fiscalização alegava que a rádio ficou fora do ar por 2 dias!

Paramos para levantar se houve problemas em algum dos nossos sistemas. Olhamos o up time (tempo de funcionamento total), e todos os logs de erros de todos os nossos servidores. Nada!

Então, extraímos os IPs a uma lista com todas as conexões bem sucedidas e tentativas de conexões realizadas pela empresa de fiscalização desde 15 de dezembro. Estava estranho, no período alegado não havia nenhuma tentativa de conexão!

Após idas e vindas questionando a empresa de fiscalização eles disseram "estávamos usando uma URL que possuía senha, não a URL que deveríamos usar".

A contra-prova

Com essa informação puxamos o log do sistema de autorização em cada um dos servidores de transmissão.

Wow! Era isso mesmo!!!

Eles copiaram uma url de algum lugar e, quando expirou o token de acesso, essa URL não funcionou mais.

E, por conta da rastreabilidade que a rádio cliente da Nextdial possui, em apenas 1 hora o mal entendido foi resolvido e, o gestor de TI, continuou aproveitando suas férias tranquilamente.

Confira também: